Você já reparou em como, na maior parte do tempo, fazemos coisas no “piloto automático”? Respirar, comer, ver e-mails. Que sorte a nossa ter um cérebro tão evoluído que nos poupa de pensar para fazer coisas corriqueiras né? Será mesmo? E aquela mania de tomar um café quando o bicho tá pegando no trabalho? Isso se chama hábito. E hábitos podem ser bons ou ruins. Mas como se livrar dos maus hábitos e ficar só com aqueles que nos impulsionam? Não é fácil, mas o repórter investigativo Charles Duhigg afirma que “se você consegue diagnosticar seus hábitos, pode transformá-los no que quiser”.

Em seu livro O PODER DO HÁBITO, Duhigg realizou mais de trezentas entrevistas com cientistas e executivos, além de pesquisas em dezenas de empresas, e chegou a uma conclusão instigante: a chave para qualquer coisa que você queira fazer, como emagracer, correr uma maratona, ficar rico, só depende do entendimento de como os hábitos funcionam. Entendendo seu mecanismo, podemos alterar o seu padrão, e finalmente, transformá-los.

Num dos trechos do livro, Duhigg afirma que “todos começam com um padrão psicológico. Primeiro, há uma sugestão, ou gatilho, que diz ao seu cérebro para entrar em modo automático e desdobrar um comportamento. Depois, há a rotina, que é o comportamento em si. Para alterar um hábito, é preciso modificar os padrões que moldam cada aspecto de nossas vidas. Entendendo isso, você ganha a liberdade – e a responsabilidade – para começar a trabalhar e refazê-los”.

Agora que você já entendeu como os hábitos funcionam, eu lanço um desafio: que tal eliminar o caos de nossas vidas fazendo da organização pessoal um hábito? Se você está se perguntando como começar, aí vai a resposta: mude a rotina. Pare de ver e-mails inúteis, saia do Facebook, pare de ler este texto. Pense: o que te motiva? O que faz seu coração vibrar? Pare tudo e simplesmente crie um desejo tão incontrolável a ponto de fazer você criar novos hábitos, só para obter a recompensa. Comece devagar, observe as desculpas que virão para não consolidar o hábito. Elimine as distrações e se concentre naquilo que te fará saltar sobre o abismo. Depois, é só colher os frutos!

Artigo extraído do site www.administradores.com.br / Por: Denise Rabelo

Station Centro de Treinamento o local ideal para realizar seus treinamentos ou eventos corporativos.